Powered By Blogger

Páginas

curvas, retas e esquinas

segunda-feira, 1 de março de 2021

Porto © Copyright


 Vento forte às
Velas
Empurra a
Sina.
Se mar brando:
Vida
 Em nau se estagna
 
Se perpassas
Linhas
Deste tempo:
Força!
Oro ao vento.
Prece.
Às velas o elemento!
 
Se miras onde
Mirra
Cheira em flor;
Destino.
É dos navegantes:
Porto
Seguro de retirantes
 
Ai, do mar sem
rigor,
Sem ondas a
Calçar
Pés dos itinerantes.
Tempo?
 Vento aos divagantes!
 
Lá está a terra!
Broto
De jardim de mar.
Flor
Desponta à vista.
Torrão
Onde se quer chegar.
 
Ai, ansiedade!
Gleba
Que é canteiro.
Pátria
Vestida de mar.
Pequena,
Colossal, celeiro.
 
A sonhar me vejo
Marujo.
A buscar velejo.
Céu!
Terra, por onde
Aportar.
Paz que tanto almejo.



 By betonicou

Arte: Nicole Ray



( Uma pequena homenagem aos meus amigos de Portugal)
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

27 comentários:

  1. Simplesmente maravilhosa poesia e arte! Show! Linda homenagem!Parabéns! abraços, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Pode parecer uma incongruência, mas, ainda antes de entender a poesia (nem sempre é fácil) já a admirava… é para mim como que uma melodia, por vezes não tenho de entender na totalidade, basta o sentir que me faz soltar.
    Neste teu poema apenas vi elementos fortes, paz, terra, mar, vida, elementos de força, elementos da nossa essência, pintados por palavras que elevam a alma.
    Obrigado por este momento, deixo um abraço deste lado do Atlântico

    ResponderExcluir
  3. Olá, amigo Beto!
    Que lindeza de navegação serena onde sinto o barquinho aportando com suavidade e beleza no azul do mar.
    Cheira em flor...
    Perfumado apertar de esperança a todos nós!
    Esteja bem, amigo, proteja-se!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  4. Beto,
    O meu sangue lusitano se agitou com a força das suas palavras, obrigada meu amigo de além mar.
    Deixei-me flutuar nesse seu mar de palavras, de força e coragem .
    Todos juntos vamos alcançar essa paz tão almejada.

    Um abraço agradecido e comovido

    ResponderExcluir
  5. Ficou excelente este poema náutico!...
    Parabéns, poeta amigo.
    Com tanto motor, as calmarias já não afligem ninguém. Assustam as procelas...
    Marinheiro sempre sonha com porto seguro, torrão e flores...
    Grata pelos bons momentos de leitura, amigo.
    Uma boa semana e um Março muito feliz. Beijos
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  6. Hola Beto, siento en el alma no poder dejar un comentario sobre lo que escribes, no alcanza mi vista a ver tu letra, es demasiado pequeña.

    Te dejo mi inmensa gratitud y mi gran estima.

    Feliz in d semana.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito deste seu poema.
    É magnífico.
    Bom fim de semana, caro Beto.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Encontrei este blog, por casualidadevou por coincidencia. Un poema ao mar, fermosísimo! O meu último post também é un poema ao mar, visto doutro ángulo.
    Um prazer!
    Boa fin de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Beatriz ! Obrigado pela prazerosa visita. Essas casualidades são linhas do destino! Sinta-se a vontade para voltar mais vezes. Um grande abraço.

      Excluir
    2. Beto, essa Beatriz é uma senhora
      viajada, sabe tudo de todo mundo
      inclusive dos países que visitou
      falando a língua de cada um.
      Um abraço, amigo e bom dia.

      Excluir
  9. ¡Hola Beto! Gracias por arreglar la letra.
    Nos dejas un precioso poema que navega por el mar sereno de la vida, a veces nuestro barco se zarandea, pero también recobra la calma, porque la vida es eso, sonrisas y lágrimas.
    Pero te ves soñando y soñando despierto ves tu patria vestida de mar. Los sueños a veces se hacen realidad eres un hombre de gran sentimiento y te deseo lo mejor de la vida. Quiero ser positiva, y pensar que llegará a la tierra, la paz y el amor que tanto se anhela. Gracias Beto por darnos tanto, tan sentido y bello, todo un placer leerte, amigo.

    Un abrazo, mi inmensa gratitud y estima.
    Feliz finde semana.

    ResponderExcluir
  10. Meu bom amigo Beto,
    Que os bons ventos soprem forte às velas que nos impulsionam para o novo... Para esta normalidade tão esperada.
    A vida nesta nau atracada, colocou etiquetas de limites em nós... Hoje a Prece é de todos, às velas são de todos também e, ai do mar, que em seu rigor, tente afogar os fiéis marujos, que buscam o Céu azul e esta “Terra à Vista”, tão prometida e desejada.
    Belas letrinhas afeitas, que hoje “navegam de mãos dadas”.
    Um grande abraço alvinegro e cuide-se!!!

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde meu querido e grande amigo de Santa Luzia, obrigado pelo texto maravilhoso, bom início de semana.

    ResponderExcluir
  12. Bons ventos e boa onda, nesta espectacular homenagem, onde brilhou a firmeza e arrebatamento das suas poéticas palavras, que tão bem retrataram este espírito muito nosso, de descoberta... que sempre nos empurra para ir um pouco mais além... mesmo quando nem se vislumbra caminho... ainda, em muitas outras áreas...
    Adorei o poema! Deixo um beijinho, e votos de um bom final de domingo e uma óptima semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  13. Obrigada. Eu também estou te seguindo. Boa noite!

    ResponderExcluir
  14. Beto,
    Uma delícia de versos e
    as ilustrações são perfeitas.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  15. "A sonhar me vejo marujo a buscar velejo". Lindíssimo poema em que o mar vem com um inesperado rumor inscrito em cada palavra.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  16. Embora me considere luso-brasileira, não pude deixar de me enocionar com esta bela homenagem aos teus amigos portugueses, tão ligados ao mar. E o mar com todas as suas marés, se assemelha à vida tambem ela tão diferente a cada dia que passa; instantes a compõem e cada um com os seus problemas, suas angústias, sucessos, alegrias e dores; marés que temos de aceitar e vivê-las da melhor maneira possivel, mantendo sempre a esperança de que, lá na frente, haverá um porto seguro onde nos podemos abrigar das intempéries Amigo, muito obrigada! Desejo que encontres sempre o conforto de um abraço e que a SAÚDE não falte a nenhum de vós . Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Bom início de semana com bons ventos para suas inspirações, é sempre bom voltar aqui e viajar através de seus seus versos.

    ResponderExcluir
  18. Que lindo, querido amigo, poemas quando falam no mar pra mim soam um pouco temerosos, mas de uma beleza incomparavel. Tantos medos, e também tanta coragem, com ele, através de sua águas revoltas, aprendemos as manobras da vida, aprendemos a encarar todas as dificuldades.
    Um feliz fim de semana, com muita paz.
    Cuide-se bem.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Adorei a homenagem que você
    fez, meu amigo. Obrigado em
    nome deles e boa noite.

    ResponderExcluir
  20. Boa noite!

    Hoje venho expressamente, para lhe desejar BOA PÁSCOA!

    Cumprimentos meus.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia Beto
    Lindíssimo poema. Feliz Páscoa. Abraços.

    ResponderExcluir
  22. Querido amigo.
    Desejo que tudo esteja bem.
    Passo para desejar uma Páscoa serena, boa e feliz.
    Em recesso, mas por perto. Abraço amigo.
    ~~~~~~

    ResponderExcluir
  23. Aproveitando que passei por aqui, espreitando se alguma novidade, mais recentemente me tivesse escapado... deixo um beijinho e votos de uma Feliz Domingo de Pascoa, com saúde, para si e todos os seus!
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
  24. Feliz Páscoa, amigo Beto!
    Neste dia de Ressurreição, venho lhe desejar paz e serenidade.
    Tenha uma Oitava de Páscoa abençoada!
    Abraços fraternos Pascais
    🍬🌻🐇🕊️😘

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…