Powered By Blogger

Páginas

curvas, retas e esquinas

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

De dezembro, a janeiro© Copyright




Levantar bem cedo e viajar até o renascer. Entregar à vida um começo. Avistar bem cedo e ver pelas janelas ressurgir, um ano dourado aproximando. No fim da estrada: um cuidado, um recomeço.


As estrelas cintilam, até o dia forte ressurgir.  A noite vai dormindo, com o brilhar da lua acariciando.  De manhã o sol desponta e, os passos, mesmo que leves vão de novo se aproximando.

É a janela por onde se avista o janeiro renascer e, outra vez a vida tem endereço. Sobre o parapeito se acena ao ano prestes a ressurgir e o adeus por detrás não vejo, mas saudade ou não;  bem sei que conheço.

Ouço sinos leves que anunciam o vento novo a nascer e uma brisa leve vem nos acariciando. Sobre a janela vejo o amanhã que vem nascendo e um pouco mais: os orvalhos quentes que vão nos elevando.

É chegado o fim de um ano que teve esperado o seu surgir. Vem o tempo com novo endereço de começo. É esperança soprada por um anjo, é toda a paz que meu ansiar deseja, é janeiro que bem mereço. 
by betonicou- Arte:Artista Andrey Mashanov