Powered By Blogger

Páginas

curvas, retas e esquinas

segunda-feira, 1 de março de 2021

Porto © Copyright


 Vento forte às
Velas
Empurra a
Sina.
Se mar brando:
Vida
 Em nau se estagna
 
Se perpassas
Linhas
Deste tempo:
Força!
Oro ao vento.
Prece.
Às velas o elemento!
 
Se miras onde
Mirra
Cheira em flor;
Destino.
É dos navegantes:
Porto
Seguro de retirantes
 
Ai, do mar sem
rigor,
Sem ondas a
Calçar
Pés dos itinerantes.
Tempo?
 Vento aos divagantes!
 
Lá está a terra!
Broto
De jardim de mar.
Flor
Desponta à vista.
Torrão
Onde se quer chegar.
 
Ai, ansiedade!
Gleba
Que é canteiro.
Pátria
Vestida de mar.
Pequena,
Colossal, celeiro.
 
A sonhar me vejo
Marujo.
A buscar velejo.
Céu!
Terra, por onde
Aportar.
Paz que tanto almejo.



 By betonicou

Arte: Nicole Ray



( Uma pequena homenagem aos meus amigos de Portugal)