Páginas

curvas, retas e esquinas

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Suspiro © Copyright


É a vida, e´ a vida, essa sentida saudade que é espinho em minhas feridas escondidas. Amores, amores, meus cravos de dores. Sonhar, sonhar, meu escape para esses momentos sem cores. É riso, ou o suor de meus sonhos de toda lembrança feliz, mas nada leve. Foi alegria tão ditosa, que vivo a divagar a ternura que este mundo levou, e que agora me deve. É romaria, nessa travessia que a alma tanto esse fogo carrega. São os sonhares de todas as cenas gravadas, e que aos meus sentidos a saudade generosa, rude ou não, me entrega. É a vida, e´ a vida, é suor, e´ a mais crua sinalização de alerta. É a falta do que era belo, e´ desespero. É o sentimento que guardo com todas as rimas, e também, com todo destempero.  É a ida que nos leva junto, e nos rouba uma fragilizada alegria. É o vazio, sempre em sinal de alerta. Se bendito, não importa a ida, pois mesmo sofrido meu coração se liberta. Adeus, Adeus! A alma sempre grita aos acenos tristes, debruçada nas toscas paisagens das janelas. São as pétalas que se separam deixando nua a flor entregue, às invernadas faltas de primaveras. São essas lembranças os jardins, onde brinco nos sonhos, todas as presenças das vividas felicidades. Adeus?!  Adeus não existe, quando ainda nos fica a saudade. É a doida partida da vida, que o seu próprio caminho, aqui nesse mundo não se mede. É a felicidade, que para viver, do outro lado do aceno se despede.  



  by betonicou Arte: Galina Poloz




48 comentários:

  1. Tienes razón, podemos sentir saudades por lo que hemos vivido, por la felicidad sentida que ahora no tenemos y la ocupa sólo un vacío, pero no podemos decir adiós cuando los recuerdos se grabaron en el alma y van contigo y conmigo.
    Ha sido un placer venir hoy a visitarte.
    Cariños y buen comienzo de semana.
    Kasioles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kasioles!Obrigado por ter vindo para essa compartilhada amizade. Sinta-se no seu espaço. beijos

      Excluir
  2. Hoje há melancolia em suas palavras, cheio de nostalgia por momentos. Um amor inacabado no tempo de uma mente rica para retornar a você
    Gracias my dear por tus palabras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mucha! Poesia e´assim mesmo...Hora pede alegria, hora escreve a melancolia. beijos!

      Excluir
  3. Um adeus que não se quer numa pintura nostálgica
    e bela!
    Beijinho, Beto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manuela! Adeus e saudades, sempre presentes em nossas vidas. beijos!

      Excluir
  4. Olá, Beto
    Este texto tocou-me particular e profundamente.
    É a vida, sim, é a vida que nos obriga a continuar em frente, mesmo quando a saudade aperta, e não entendemos o porquê do adeus.
    O mundo nos deve a ternura que levou, deixando-nos de mãos vazias.
    Gostei muito de ler, ainda que bastante emocionada.
    Obrigada, meu querido Beto, por uma partilha tão bonita.
    Também gostei muito da pintura.

    Votos de uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida Mariazita! Resolvi escrever esse porque a inspiração pediu. Quando foi bonito deixa a saudade. beijos

      Excluir
  5. Boa noite meu querido amigo Beto
    Eu amo as suas poesias, e esse não foi diferente, muito emocionante, não existe adeus realmente porque a vida é cheia de surpresas e quando é a morte que separa, nunca se sabe o que há no outro lado da vida. E quando existe amor, existe saudade que doei muito, mas também nenhuma dor é para sempre. Lhe desejo meu amigo dias felizes. Gostaria que quando publica-se seu livro me avisasse o nome, quero compra-lo. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirtes! Isso mesmo Mirtes. O tempo nos leva a dor deixando o que de bom ficou. Beijos

      Excluir
  6. Nada, de nadar eh! ¡Sigue nadando por el río de la vida Beto! Con tus sueños y añoranzas acuestas. Sin pensar demasiado en la ida, esa llegará sin avisar y mejor aprovechar esos bellos momentos y sueños y tratar de hacerlos realidad.

    ¡La vida, si, la vida es un tómbola! Que nos da alegrías ternura, amor y diversiones, mas también tiene la otra cara de la moneda, esa moneda falsa que suele dejarnos un puñado de nostalgia y ese gran vacío en el corazón, pero nuestro cuerpo resiste con todo lo que le echen encima.
    Por lo tanto, nada de decir adiós a nada, mientras tenga una bocanada de aliento, adelante siempre a vivir vida en medio de nuestros recuerdos que nos sirven escribir una hermosísima prosa poética como esta que a cabo de leer y de verdad me embelesa: mi gran fantástico Poeta. Mi enhorabuena. ¡¡¡Me ha encantado!!! Y ha sido muy placentero leerte.

    Un abrazo, mi admiración, mi gratitud y mi gran estima.
    Se muy -muy feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina! Obrigado pelo desvendar tão pleno do texto. Beijos e minha admiração por tão grande simpatia. Abraço terno!

      Excluir
  7. Agradecida por tus letras, yo también te sigo.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos juntos minha amiga Kasioles! Agradecido por aqui ficar. beijos

      Excluir
  8. Os sonhos comandam a vida. Sem eles, é a estagnação, o vegetar. Mesmo que não se concretizem, os sonhos são mesmo a mola real da vida.
    Excelente texto, parabéns.
    Bom fim de semana, caro Beto.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi meu caro Jaime.Obrigado e fico sempre feliz pela aprovação de um grande poeta. Feliz fim de semana. Abraço.

      Excluir
  9. Bom dia, Beto
    Seu comentário no meu blog me deixou, até certo ponto, emocionada.
    Ter amigos como você é uma bênção.
    Não nos conhecemos há muito tempo mas... às vezes estas coisas acontecem, amizades mais recentes têm mais valor que outras mais antigas.
    Obrigada pelo seu carinho, querido amigo.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariazita1 Eu tambem me sinto muito a vontade com a nossa amizade. Tem razão sobre afinidades; temos! Obrigado pelo constante carinho. beijos

      Excluir
  10. Betonicou,
    Eu adoro vir aqui e ler
    suas postagens.
    Muitas vezes apenas leio e
    releio sem comentar.
    Adoro te-lo sempre no Espelhando, viu?
    Feliz nova semana
    Bjins e/ou Abraço
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catia! Sempre será um prazer, e fico feliz que se sinta a vontade por aqui. Eu tambem gosto bastante do seu poético espaço. beijos.

      Excluir
  11. Olha eu passando por aqui Beto. Quando algo bonito tem um significado na nossa vida. Jamais é esquecido. GrANDE beijo, ótima semana a vc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha a Rutinha por aqui! Obrigado pelo carinho de sempre minha querida amiga. Beijos!

      Excluir
  12. Parece ter sido escrito para mim este texto poético e triste, exatamente como a vida onde a cada instante que passa uma despedida se faz.; sei que foi escrito para ti num dia em que a tua alma nāo encontrava outras palavras para colocar no papel, foi escrito para todos os que te lêem , cada um com os seus instantes de alegria, de dor, de muito amor, cada um com as suas despedidas, com as suas memórias, com as suas saudades Há muito, o meu pai se ia despedindo da vida, primeiro com muita revolta, depois com mais calma e ultimamente com uma serenidade que perturbava quem para ele olhava, quem o admirava e principalmente quem muito o amava; achou que assim, partindo lentamente, doía menos e talvez tenha decidido bem; sofreu menos ele, doeu menos a todos nós , mas doeu muitissimo à sua companheira de uma vida que não se conforma com a falta do seu corpo naquele lugarzinho da mesa; só o corpo lá estava, mas...estava. Alguém um dia disse " saudade é o amor que fica " e, embora já não me lembre quem foim considero que esse foi o significado mais lindo dado à palavra saudade; o meu pai partiu, mas ficou o grande amor que sempre dedicou à familia e o muito amor que recebeu de nós até ao seu último instante. Não chorei ao ler estas tuas palavras, Beto, apesar de ainda há pouco ter sofrido, pela primeira vez, a dor da ultima despedida , porque as lágrimas já sairam, já me" lavaram a alma " e agora a melhor homenagem que faço ao meu pai é falar dele todos os dias, recordando os momentos felizes passados com ele e agradecendo o tanto que fez para criar os filhos com dignidade. Obrigada, Beto, por este momento que me fez, de novo, recordar o meu pai. Boa noite, querido amigo. Beijinhos
    Emilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi emilia! Que saudade! Sei muito bem de suas lutas e estou sempre torcendo por você. Que bom que seu coração encontrou descanso. Perdi meus pais há algum tempo, assim como outras pessoas muito queridas, mas pais , é como se tirassem um pedaço de nós mesmos. A saudade fica, porque deixaram coisas boas, não é mesmo? Existem outras saudades, e são boas recordações. Obrigado pelo carinho! Grande beijo!

      Excluir
  13. Voltei para ver as novidades.
    Mas gostei de reler o seu excelente texto.
    Continuação de boa semana, caro Beto.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O brigado grande poeta. Daqui a pouco teremos texto novo. Feliz semana! Abraço

      Excluir
  14. Beto, gostei da sua prosa poética e dos apontamentos sobre arte...
    Talvez aprecie o meu blogue sobre arte, em geral...
    Temos amigos comuns...
    Para aceder, clique sobre o meu nome.
    Encontro-me em recesso, mas voltarei em força...
    Dias fantásticos...
    Saudações blogueiras.
    ~~~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sera´um prazer te-lo por aqui Majo. Irei no teu espaço, afim de estreitar laços. Grande abraço.

      Excluir
  15. Cuanta nostalgia anidan tus palabras
    cuánto dolor en tu mente mientras escribes
    ¿qué te lleva a sufrir tanto en la vida
    si la vida es bella ...
    Se feliz porque lo tuviste,lo disfrutaste y recomienza de nuevo
    Bello tu texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou apenas um vento que leva o que levantou pelo caminho minha querida Mucha. Sou como tantos outros que tiveram suas perdas e ganhos. Sou feliz, e tem momentos que sou triste. Sou humano. A VIDA É BELA SIM, e RECOMEÇAR é preciso, SEMPRE. Grande beijo.

      Excluir
  16. Parabéns Beto. Você consegue captar o mais belo e mais cruel sentimento humano: o AMOR! com muita sensibilidade. Obrigado por nos presentear com este belisbelíssimo texto. Bom dia e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Marcelo! Obrigado pela gentil presença meu amigo. Grande abraço.

      Excluir
  17. Olá Beto!
    Ahhh a saudade... anda a me rondar e quando penso que ela se foi, que me deixou, ela reaparece mais forte, exibindo mais lembranças.
    Um belo e forte texto, para ler e reler.
    Um abraço amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! Saudades serão sempre nossas eternas companheiras minha querida. beijo e terno abraço.

      Excluir
  18. Por una u otra razón la saudade siempre está en nuestras vidas.
    Cuando las noches se hacen largas y el sueño no llega, los recuerdos vividos y felices acuden presurosos a nuestra mente y no nos dejan dormir.
    Yo he tenido muchos días así, tantos, que aún ahora que se han pasado varios años, sigo reviviendo momentos felices que me ayudan a seguir caminando por la vida.
    Con mis mejores deseos, te dejo cariños en un abrazo.
    Kasioles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kasioles, como Eu disse em uma das respostas, a saudade sempre nos acompanha, todos dias e momentos. Obrigado por estreitar os laços e por esse carinho tão grande. Beijos!

      Excluir
  19. Sendo tão dolorosa a saudade
    E tão difícil de descrever
    Sendo que existe tanta maldade
    Em ter saudade e, não ter
    ...........................
    .
    * Soneto escrito no escuro ... em versos de luz sombria *
    .
    Deixo um abraço amigo

    ResponderExcluir
  20. ¡Hola Beto!!!

    Sigue brincando en ese jardín de tus sueños donde siempre nacerán flores bellas flores frescas. Estoy segura… Aunque sea invierno, puesto que la primavera la llevamos dentro del corazón que con su latido ardiente va lidiando con el sentimiento que llena nuestro vacío y recobra la felicidad robada.
    Es tan bonita tu prosa, que no me quedan palabras adecuadas para expresar lo que tanto me agrada y me embelesa, Beto.
    Leerte de nuevo es soñar despierta es ir descubriendo tu persona tu glorioso intelecto y tu sensibilidad soñadora.

    Un abrazo y mi inmensa gratitud.
    Feliz fin de semana.

    Hasta otro momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oim Marina! Como é bom ter pessoas de sentimentos tão grandes por perto. Você e´uma delas com certeza. Me desculpe pela ausência no meu próprio espaço. Estou escrevendo livro , e tive que reler para dar prosseguimento, e ai vem um pouco de cansaço. Feliz fim de semana minha querida. beijos!

      Excluir
  21. La vida son momentos difíciles del alma.A veces no es fácil vivir en constante alarma
    abrazos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mucha! Não é fácil mesmo viver somente de alegrias nesse mundo. Obrigado pelo carinho de sempre. Beijos.

      Excluir
  22. Olá, Beto
    Não resisti a reler, embora sabendo, à partida, que me ia emocionar.
    Mas a vida é mesmo assim, feita de momentos de emoção, de tristeza, de alegria... enfim, de altos e baixos.

    Muito obrigada pelas deliciosas palavras lá na minha "CASA". São lindas!
    Senti-me "rainha"... :)

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos e abraço apertado.
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariazita! Sinta-se rainha minha querida. Eu apenas honrei as estrelas. Um grande beijo!

      Excluir
  23. ¡Hola Beto, juraría que te dejé aquí un comentario el otro día, mas no lo veo!...

    Será que no le has abrido la puerta todavía.
    Te dejo un beso y ten un feliz fin de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha simpática e querida amiga! Me perdoe por ter demorado a publicar seu gentil comentário. Escrever livro esta´me tirando muito a atenção. Peço mais uma vez desculpas. Obrigado pelo carinho para com esse humilde espaço. Beijos e feliz fim de semana.

      Excluir
  24. Bom tarde Beto! Tudo bem meu querido?
    Muitas saudades! Saudades em ler-te.
    Não se chateie comigo, pois ando um pouco ausente. Acabei dando uma pausa que se alongou um pouco mais...
    Seu texto é um precioso presente, destes que tu, sempre vem nos ofertando. Pelos seus dedos pingam poesias que só o coração sabe enxugar. Penso que a saudade é mais doída que o adeus.

    Boa semana pra ti!
    Um beijo grande embrulhado num abraço, e um sorriso de orelha vice!!
    Escrevinhados da Vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apareceu a smareis! Rsrs Que saudade minha querida. Nada chateado vice! Bom dar um tempo para a vida intima de vez em quando. Obrigado pelo carinhoso comentário. Ando meio atrasado por aqui, mas em breve teremos outra postagem. Beijos e abraços!

      Excluir
  25. Ei Beto, estou tentando te enviar
    um email, mas esta voltando.
    Me manda um email (catiaho@hotmail.com) pra eu confirmar
    seu endereço?

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…