Páginas

curvas, retas e esquinas

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Horizonte na catedral © Copyright


Lá daquela porta, eu pude sentir... entre os acenos mórbidos de um final tão trágico. Entre as flores mortas eu vi um broto válido e entre um cair tão sórdido me vi num chão não sólido e entre risos loucos me vi, num espaço de fluir. Sensações não materiais! Tão longe de tudo,  e tão livre das coisas vãs e acidentais ...Uma janela para um mundo fantástico, uma porta para um mundo calmo e plácido, pipas no ar e um coração não gélido. É tudo que sonhei, nesse meu tempo de pensar e refletir. Sou passageiro, às vezes ocasional e sou navegante das gerais. Tenho as montanhas como berço sólido. Tenho um horizonte que me dá o berço plácido e tenho as manhãs calmas, tão dominicais!  Tão perto de tudo e das coisas naturais.... A lembrança de um amor que voou tão pássaro, uma flor que brotou nesse chão antes árido e esse vento calmo que é o meu sinal, e o meu jeito de existir. Novo horizonte das manhãs! Uma vida nova tem os seus mistérios... E todos os mistérios tem as causas lógicas.... Eu queria apenas o ar puro, longe das coisas sádicas e as músicas das esquinas poder ouvir. E eu quero apenas o santo ar da catedral!  Na sala da José, um espaço de dormir.




By betonicou

3 comentários:

  1. Oi Beto, boa noite!
    E ai poeta, tudo bem?
    Lindas imagens musicadas casaram tão bem com teu texto. Lindamente escrito esse teu horizonte na Catedral. A cada dia mais, me encanta esse teu coração cheio de belezas e mistérios.
    Ando meio ausente e um pouco devagar com a atualização no blog. Às vezes o tempo passa tão rápido e as palavras não vem... Chegam finalmente às palavras, mas o tempo de dizê-las já passou, e assim vai... Ultimamente não tenho tido aquela ânsia de passar para o papel o que me vai na alma... A vida é cheia de quereres e ai de nós se não estamos de prontidão pra o que vier. Daqui alguns dias tem atualização por lá, andei um pouco atarefada por esses dias... Final de ano é sempre assim, a gente vai mais devagar as atualizações, principalmente eu, risos. Sobretudo com essa temperatura. O calor aqui está brabo e chuva que é bom nada...
    Um ótimo fim de semana meu amigo.
    Um cesto de sorrisos, e uma via láctea de estrelas para você!
    Um abração e beijos no coração!
    Sucesso nos teu projetos.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Beto.
    Um poema divino, onde se expressa o desejo de esta em um lugar próximo da natureza, onde há paz e tranquilidade. Novos horizonte . A vida e seus mistérios. Um lindo final de semana. Enorme abraço

    ResponderExcluir
  3. Oi poeta, como vai?
    Tenho andado meia sumida, mais quando pouso minha nave nessa planeta, paro aqui pra descansar um pouco nas suas palavras.
    Tou aqui vice!
    Abração de urso, e um punhado de sorrisos.

    Sucesso no livro!
    Torcendo sempre!
    Bjs Beto!

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…