Páginas

curvas, retas e esquinas

quarta-feira, 18 de março de 2015

Passeio astral © Copyright



Estou aqui, a trilhar por este mundo; porem eu quero mesmo,
E’ ver as estrelas, sentir o sol... As névoas densas enevoam meus
Sentidos; mesmo assim, meus olhos vasculham a imensidão dos céus.
Estou voando, e meus pés, apenas querem a leveza flutuante; feitos asas...
Estou vagando por entre os cometas, e seus rastros guiam-me ate
Onde esta o meu infinito... Estou buscando algo que há muito perdi...
Encontrarei o meu eu, meu elo perdido, por entre os mundos deste
Meu sonho azul? E livre estou, e essas corrente já não assustam mais...
Estou em meio as correntes que me impulsionam; e estas sim, deixam-me
Liberto! Estou dançando uma dança celestial... E meus passos leves deixam-se
Levar pelo musicar das trombetas... Estou divagando, e’ esse o efeito
Entorpecente, ao procurar e observar, o infinito interior deste abstrato eu...
O céu azul abre seus braços, para receber em seus seios as minhas asas brancas...
O véu da imensidão  rasga-se, e mergulho no cosmos; porque as estrelas esperam
O meu abraço. Estou de mãos dadas com os anjos, e esses deram cores às
Minhas imaginações... E os sentidos negros afundaram-se num poço profundo... 
Minhas asas divagam por entre os ares, e meus olhos veem além das nuvens
Escuras ... Estou pousado num solo sagrado, e deitado estou num jardim
De flores cintilantes, e corvos brancos voam por entre os ramos de videiras.
E alço voo para o céu extremo, e minhas asas são de pétalas, e o perfume
Delas embriagam os seres alados; e esses despencam do meu ar imaginário...
E o meu mundo tem um sol azul, e seus raios gelados, são a salvação do
Meu deserto árido... E sereno estou, porque o meu eu encontrou-me, por entre
As teias de minhas divagações ... As estrelas caem, e mergulho-me junto, ate
Um mar vivo e escuro... Ai , a vida pede passagem para desabrochar-se, e
 Apegar-se, a um tempo ínfimo... Ate as flores murcharem, morrerem, e
Retornarem ao primário berço do infinito... Nascemos, vivemos, sonhamos, retornamos... Somos eternos!

By betonicou , arte de Lindy Longhurst

9 comentários:

  1. Olá, Beto!

    Que linda é a sua prosa poética! Tem imensa cor, cheiro e muito sabor. Você está de mãos dadas com os anjos, porque, também, é um anjo, embora terrestre. Sonhar é tão bom, e quando sonhamos na cor azul, ah, isso é magnífico!

    Você reencontrou seu eu, seu ego. Era bom que todos nós o reencontrássemos, porque isso seria sinal de que iríamos ser eternos, embora passando por todas as fases.

    A vida é esse processo lindo, com algumas retas, curvas e esquinas, mas a gente dá um jeito para as contornar, com esperança e muito amor.

    As imagens escolhidas, como sempre, estão uma delícia! Você tem olhos e coração de menino. É você que idealiza e faz essas imagens? Sendo você ou não, elas transmitem seu estado de espírito, seu universo e seu infinito bom senso. PARABÉNS por essa postura de vida!

    Tudo de bom e de positivo.

    Aquele abração!

    ResponderExcluir
  2. Olha, Beto, só agora reparei no título que deu ao seu post. Que imaginativo! Passeio Astral, e até o escreveu no comentário que deixou em meu blog, mas não fiz a associação, não. Lindo demais, só te digo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Céu ! Obrigado por este lindo e completo comentário ! So de ler vi que completou com muita gentileza este meu " passeio astral " !Estou adorando este nosso intercambio de almas ...Como e' bom saber que temos companheiros, amigos, para uma viajem alem do real, magica ...As imagens são escolhidas na net mesmo . rsrs Tomo o cuidado de casa-las com os textos ...Mas se Deus quiser, teremos Curvas, retas e esquinas palpável ; Ai sim, com ilustrações próprias . beijosss e abraçossss

      Excluir
  3. Olá, Beto!

    Ora essa! Não me agradeça, rigorosamente nada. Estou aqui, pke quero.
    Creio k está sendo profícuo, bilateralmente. O mundo virtual é isso mesmo.
    Fico aguardando, então, as imagens criadas por você.

    Bom fim de semana.

    Aquele abraço.

    PS: amanhã, espero você no "sítio" do costume (rsrsrs).

    ResponderExcluir
  4. Olá Beto!
    Boa noite!
    Já era pra eu te chegado por aqui mais tive alguns percalços no caminho. Acho que o trânsito virtual anda pior que trânsito real. Rsrs!

    Magnífico teu texto Beto! Tudo que escreve é de primeira qualidade. Parabéns!
    Dei asas a minha imaginação, deixando seguir-te por esse passeio astral. Às vezes precisamos sair de dentro de nós por alguns minutos, e deixar que a mente voe alto. Momento inusitado!

    As imagens casaram muito bem com o texto.
    Deixo um beijo e desejo de um ótimo fim de semana!
    P.S. Por esses dias vou estar atualizando meu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Smareis !Como e' graciosa a tua presença minha querida !Então voamos juntos, e trilhamos por este mesmo caminho magico ; que bom ! beijos e um apertado abraço !

      Excluir
  5. Olá, Beto!

    Você é simplesmente INCRÍVEL!
    Foi a primeira pessoa que comentou meu poema, hoje, num dia tão importante para os poetas, e para quem escreve, por amor, poesia.
    Agradeço, de coração cheio de ternura, seus comentários.

    Bom fim de semana!

    Abraço, com muito carinho.

    ResponderExcluir
  6. Ola Céu! Fiquei surpreso ao ver que eu seria o primeiro, e não perdi a oportunidade !Senti um imenso prazer em comentar de primeira mão o seu poema ...E o dia foi muito especial, não e' mesmo ?! Beijosssss

    ResponderExcluir
  7. Que maravilhosa lisergia poética meu nobre. Você é fantástico. Abraços, fique na paz.

    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…