Páginas

curvas, retas e esquinas

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

opaco e lucido ...© Copyright








Fim de semana, e você sempre bela!
Cheiro de flores, você e’ flor primavera.
Todas as sortes, com você valem à pena!
Pena de morte, com você e’ de tanto amar...

Qualquer cristal com você, e’ translucido...
Todo opaco brilha, e clareia de tão lúcido...
Todas as noites, com você tudo exagera!
Todas as manhãs, com você são cores de
Primavera... Tua meiguice e’ o que tempera
O meu jeito de sonhar...

Quem me dera à maneira de poder chegar a tempo...
Desses açoites da solidão poder fugir... Morar ate
Em uma tapera, ou no tempo... Poder morar, e respirar o ar
Da tua esfera... Todos os dias, com suas cores,
Queria eu  pintar , todos os seus modos que so
Fazem  querer provocar...

Fim de semana tudo e’ mais belo, e menos acido...
Você nas manhãs, e’ a calma, com seu olhar calmo
Plácido... Estar com você, meu vicio ; quem me dera!
Este amor que sufocado dilacera... Canto a Canção
Que em meu coração brota ... desejo lhe  encantar...


Canto as maneiras de lhe agarrar... Lanço a sorte
Onde espero poder lhe ganhar ... ... Cheiro as flores para 
Amansar essa minha fera... Sentir teu cheiro de cravo e
Canela, quem me dera poder lhe eternar ...

Toda a rua e’ rebuliço de festas... Muitos os olhos 
Miram pelas frestas... A curiosidade de qual será
A maneira de lhe agradar,... Roubaria a lua para
Para lhe ofertar, pois as flores sempre murcham...
E a lua, sempre em teu céu estrelado estará...
E’ lua cheia, esse seu espelho de olhar... Fitar seus olhos
De moça donzela... Quem me dera poder lhe tocar!

Roubar tuas cores para a minha pintura de aquarela...
Rompo as fronteiras para poder chegar a tempo,
De colher tuas flores sem medo, sem contratempos...
Chegar os dias, de estar com você na tapera...
Quem me dera poder lhe beijar!

Nos fins de semana com você, termina a espera...
E teu cheiro, e’ o meu ar na atmosfera...
Danço a canção para lhe mostrar... Descubro
Que você, e’ o meu dom de voar...
Voar em teus braços de sonhar, quem me dera

Poder cativar... Nem para sempre poderei esperar. By betonicou