Páginas

curvas, retas e esquinas

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Encanto de sabia ...© Copyright




Cante sem do sábia!  Cante pra renovar!
Cante e cause o milagre escondido e  cante
Os faz de conta... Essas notas alegres de ninar...
Cante o sol que aponta por detrás,  das serras
das manhãs...
Cante pelas montanhas e naquelas matas, 
de cheiro das hortelãs...
Cante no silêncio, pois eis que a tarde chega,
E sem dó, a noite apaga a tua luz...
Mas cante teu assobiar possante, faça teu voo  
Rasante!Nessas matas toque o piano de bambus...
Cante, com teu gorjeio as lindas notas: Dó, Re, Mi, Fa ,
Sol, La, Si... Maravilhe-nos, com teu fôlego de poesia, 
Às vezes, sem  de Si...
Cante, pois as minhas lágrimas são sem fronteiras, 
Com tua melodia sonante de sábia das laranjeiras...
Cante e  encanta-me, com tuas belas plumas
Ferrugem laranja, no meu pé de limão...
Cante em cima do gado, esse bom agrado
Que dos céus vem tua musicada canção...
Derreta-me em sorrisos,  com teu gorjeio poético
Alem do rouxinol...
Brilha esse meu anoitecer profundo,
Com este belo cântico, e venha raiar 

 minha vida, com o musicar de teu sol... Bybetonicou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

people of the world comment if to like… important for the development of this work…