Páginas

curvas, retas e esquinas

sábado, 8 de dezembro de 2012

Situações...© Copyright


Sei que estou de passagem por realidades...
Também sei que chorar faz parte, e que
Sorrir pode ate amenizar a dor escondida...
Dura e’ a realidade da condição do humano...
Os erros são cobrados, os acertos reprimidos
E sofridos... Essa condição de aflições e alegrias...
Ser humano, e’ sonhar escondido na solidão das
Ilusões... Mas pode ser sonhar pelos vários caminhos
Que levam ao mar, ao mar das estações...

Sei que cada esquina nos leva a uma escolha...
E cada escolha nos leva a outra esquina...
E cada estação nos traz suas condições, e sentidos...
Penso que a vida, e’ como ar que vai se esvaziando...
E esse mesmo ar preenche outras vidas, que vão
Se esvaziar, e deixar seus rastros nas paisagens...
Sei que cada bolha de sabão traz em si um poema...
E que cada dente de leão, eleva ao ar suas pétalas
De leveza...
Toda rosa tem seus espinhos, e com cuidado
Pode-se colher apenas o carinho, e a delicadeza
De suas pétalas de veludo.

Há caminhos que nos levam a um abismo profundo...
Há vertentes que saciam a sede do descontente...
Há os felizes que vertem as alegrias do mundo...
Há!- eu vago nas passagens, e observo o sol poente...

E sobre o deserto, procuro um oásis de clemência...
Procuro pelas águas, nas areias desertas... Procuro
Quebrar os grilhões... Libertar-me, vagar nas descobertas...
No humano, navego por entre as corredeiras...
No espírito, vago sóbrio... Souto nas notas das canções...
Livre do baque das intempéries... Livre do aperto dos grilhões...
Há!- triste alegria e’ essa condição do humano...
 O de querer "ser, ou não ser" nas questões...
 .Bybetonicou