Páginas

curvas, retas e esquinas

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

letras perdidas... © Copyright




Onde esta a alma gêmea? Por quais estradas anda, ou andou?
Onde estão os pontos e vírgulas, desta frase que e’ a vida?
Desta vida que no amor desandou...
Onde esta a rocha que encobre a pureza do ouro?
Este ouro que luzente brilha, este amor escondido como tesouro...
Onde estão as Flores lindas?  Fazem da paz de jardim, meu ancoradouro...

Onde estão as ondas do mar? Tão longe vai, em deserto a transformar...
Esse areal seco,  esse pó que sufoca... A alma esta  a secar...
Um brinde seco as tristezas... Que nos tirou a paz das certezas...
Um aceno, um gesto obsceno... Danem-se todas as cruezas...
Um beijo, sim um beijo! Deixa os lábios mornos às magoas afogar...
Quero a metade que falta, quero o todo sentimento poder sentir,
Acordar...

Onde esta a parte que a nossa  alma completa? A letra
Que desperta, a palavra vida nos versos do poeta...
Mãos estendidas ao alto, num ato de suplica, uma oração...
Por onde anda a cara metade?A voz que canta, e completa a
 Razão... A nossa razão de emoção... Esse vago espaço, que
Muito desconforta... Nem frio, nem quente... Este morno que nos falta...
Quero o pedaço, da pagina rasgada, e escondida... Aquela parte da fruta
Mordida... Pontos e vírgulas da frase, e as rimas separadas da vida...

A  metade ,   a letra perdida...Bybetonicou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

people of the world comment if to like… important for the development of this work…