Páginas

curvas, retas e esquinas

terça-feira, 3 de julho de 2012

voar com beija flor.© Copyright

Venha a mim beija flor que encanta, e sorve a doçura de jasmim. Traz no bico o mel de amor, e acorda a doce ternura em mim. Traz em teu plainar suave a leve canção de embalar. Desperta o meu olhar mais belo, e desta fantasia, não querer mais acordar. Quero olhar pelas frestas, o desabrochar da linda flor de marcela, mas quero abrir de todo a janela, para alçar voo em asas cristalinas de libélula.

Tu encantas-me, com tuas lindas cores emplumadas.... Plaino neste meu mundo, onde faz do vento tua estrada. Este meu universo de sonhar, e este elevado, e ávido desejo de voar. Estar por entre as árvores, neste teu espaço, o sereno eu revoar. Brincar por entre as folhas e flores, neste breve momento de sonhar...

Tu embalas este meu delírio de voejar, e não ouço teu canto, nem vejo teu breve instante de voltar. Não iluda meus olhos! Quero ver todos os teus atos de pairar, neste brilhar de primavera, na poesia de tuas cores vivas de aquarela. Quero o mel que sorve, neste teu prazer de levitar.... Quero a doçura de um beijo, e deste sonho, já não desejo mais acordar.




Quero voar em teus jardins, onde fez das flores, a tua morada!  Tu realças a linda manhã, com tuas majestosas asas de poesia emplumada. De tuas pequenas pupilas queria eu ver, o tamanho de tanta beleza! Plainar neste teu lindo verso, esta tua cândida, e esvoaçada grandeza.... Quero ver de teus olhos, a clareza das harmonias singelas. Sentir de teu bico, o sabor dos delicados buques de marcelas. Não acordar deste mágico instante de florida primavera.... Voar em tuas asas de sonhos,  todas as manhãs! Quem me dera, quem me dera! By betonicou



























Nenhum comentário:

Postar um comentário

people of the world comment if to like… important for the development of this work…