Páginas

curvas, retas e esquinas

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Fantasia...© Copyright



Caminhos verdes no mar, são frutos de minha ilusão,  e oásis no asfalto lunar, e’ até onde vai a imaginação. A de construir pontes sobre as águas turmalinas, e viajar nos horizontes até o palco, e no abrir das cortinas. Questionar, e refletir, nas vidraças de águas marinhas. A fantasia flui constante no alçar voo das asas de neblinas. Voar e revoar! Repousar nos céus! Ver as coisas distantes e levitar sereno, no algodão das nuvens confortantes. Pousar no mundo dos sonhos, e esse fantástico delírio do mundo lunar é onde flutuam cenas marcantes. Viajar e contemplar as longínquas colinas, e vislumbrar de longe as estradas, as ruas e suas diversas esquinas. Plainar por entre nuvens, onde vertem a pureza das águas cristalinas. Navegar sobre o dorso dos ventos domando tempestades de todas as sinas.... Desfazer as tristezas refazendo de novo os caminhos. São verdes horizontes, onde se escreve no céu,  os novos, e certeiros destinos. Sorrisos, semblantes alegres, e imagens ternas pelo ar. Dançar por entre as notas dos ventos no rodopiar e saltitar. Caminhos verdes sobre o mar, são frutos de alucinação, e oásis no deserto e’ o prazer refrescante no ermo da solidão. As águas são claras, doces e tranquilas. São Águas límpidas, onde se pode saciar dessa fonte de alegrias divertidas. Entre os caminhos oferecidos, e às vezes, estradas mal escolhidas.... Podemos escolher voar pelos sonhos de criança incontida. No mundo surreal, da magica razão da inocência escondida…. Ter símplice noção,  de ser a pessoa adulta, apenas  infância   iludida...



 by betonicou