Páginas

curvas, retas e esquinas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Você morena...© Copyright

Você, sempre um lindo sonho, que vem a mim
Em um vento ligeiro. Pousa, em suave forma de
Brisa, sobre minha pele, que é seu porto; e você
Meu anseio...
Você, serena musa, com seus olhos de cristais.
Brilhantes e carnudos lábios rubis... pequenos seios
Ofegantes... seu rosto envergonhado, se torna vermelho
Carmim... sua pele de seda exala, perfumes, doce fragrância
De amor, delicada flor, odor de alecrim.

Você, menina suave, serena. Seus gestos, se mostram,
Delicados e amenos; Juventude em flor. Água fresca, néctar
Licor... Puros Lábios de mel! Seus beijos gostosos, são de
Doce sabor... nos seus secretos desejos, me embriago...
Em você, todo me afago... em tuas curvas, de pele
Morena, teu rosto marrom... refresca-me com seus
Beijos. Descansa-me, em sua pele, de delicados tons...
Em suas asas de libélula, seus livres voos... Anjo moreno,                                   
 Sua luz cintila, em suaves e brilhantes neons!
                                    
Meu corpo molhado, quente por você... é assim que estou...
Em minha fase nua, paixão toda crua... revelo meus                          
Segredos, a você, bela e pura... contemplo, seu esplendor!
Das estrelas, já não mais preciso. Anseio, somente a luz
De sua presença. Nos quintais dos meus Jardins serás, à flor,
De único nome amor. By betonicou 

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Hei você ! ...© Copyright

A vida. e’ um tremendo sucesso e despedida...
Melhoras de alegrias, ou mazelas escolhidas.
Flutuar ou naufragar, sobre os rios,
São escolhas de certeza refletida... Ou o cair
De uma Fe... De uma vida esquecida .

Os ponteiros do relógio se quebraram...
Os sonhos se desfizeram, e se trituraram...
Cacos de realidades que se despedaçaram...
Hei!Por que se lamentar, Se podemos reverter
Os ponteiros? A engrenagem tem que ficar
Por inteiro... O maquinar da vida, tem que                                                     Continuar seus tolos, ou belos devaneios...
.
Lamentamos o frio, o calor, a chuva, mas,
Não choramos as estações, por nos invertidas...
Eis Que sofre a sua natureza... Passo a passo,
Belezas destruídas!

Labutamos, na fabrica de nossos sonhos; um
Sonho por vez! Basta fechar os olhos, contar
Um, dois, três, e esperar acontecer...
Os ganhos, a promessa o céu, já nos fez!
Ansiedade, e’ puro transtorno de sentimentos
Estranhos...
Sorrir para a vida, e’ pura despedida dos enganos...

Sozinho é o corpo... O espírito voa pelos céus,
Abertos em asas de levezas...
E com os anjos e’ sempre um lindo, e feliz encontro;
Uma das grandes, e lindas certezas!
Sorrir, sorrir sempre!Chorar, chorar apenas, como
Expressão de alegria...
Viver, viver, sempre! Morrer, morrer... Que morram
As tristezas da vida,  e as infernais agonias!Estas sim,







Já não são mais bem vindas, não mais queridas, e Para sempre, serão esquecidas!          By betonicou

domingo, 27 de novembro de 2011

Helena mulher...© Copyright

Helena, que em versos, e prosas; citada
Em todas as formas... Helenas gregas,
Sutis; Helenas de um, ou vários Paris.
Tuas formas singelas iludem  de vez...
O moço inocente, plebeus, ate reis!
Teus traços formosos te fazem perfeita
Mulher; que descobre paixões... Quem não
Quer-te Helena da Grécia, Helena de Tróia,
De todos os brasis? Leva contigo Paris!
Leva a inocência; tu és, inocente talvez...
No berço dos deuses, bela formosa,
Fez-se... Teu rosto, de rosa glamorosa,
Teus seios fartos, de mulher perigosa...
Talvez nem seja...  Apenas inocente menina.
Pura ninfa amorosa; de olhar meigo, doce,
Cruel sina... No teu olhar, meu olhar, quem diz?
Paris, por ti guerreou Aquiles; sim,
Paris! Príncipe criança de troia.
Assim acontece, nos mundos, nas terras
De vários brasis... Helena, doce Helena!
Erro fatal de mulher, ainda feliz? By betonicou