Páginas

curvas, retas e esquinas

domingo, 8 de maio de 2011

respingos ...© Copyright

Uma gota, duas gotas, três gotas...
Uma vida, duas vidas, três vidas...
Alegrias, vidas ali escondidas
Na transparência das gotas,
No orvalho, na gota, na gota da gota...
No frescor da água pura da gota.
No pingar da gota, no puro brilho
Cristalino da gota...
Vejo-me,  ali estampado na imagem
Refletida na gota.

Na tristeza,  do céu que se esvai...
Em choro, de lágrimas de gotas.
Das lágrimas que de meu rosto caem,
Caem, em forma de grandes, ou pequenos
Sentimentos de gotas.
O sereno da madrugada que cai,
Em suavidade tênue das gotas...
No frescor que meu rosto acaricia,
Essa água que delicio,
O meu prazer de gotas.

Essa forma de pureza delicada das águas,
O mundo de choro das gotas...
O universo das águas que caem...
As gotas límpidas que se esvaem  e que tornam a cair, 
Em  lágrimas lindas, ou tristes... em constantes  respingos de gotas.    By Betonicou