Páginas

curvas, retas e esquinas

domingo, 27 de novembro de 2011

Helena mulher...© Copyright

Helena, que em versos, e prosas; citada
Em todas as formas... Helenas gregas,
Sutis; Helenas de um, ou vários Paris.
Tuas formas singelas iludem  de vez...
O moço inocente, plebeus, ate reis!
Teus traços formosos te fazem perfeita
Mulher; que descobre paixões... Quem não
Quer-te Helena da Grécia, Helena de Tróia,
De todos os brasis? Leva contigo Paris!
Leva a inocência; tu és, inocente talvez...
No berço dos deuses, bela formosa,
Fez-se... Teu rosto, de rosa glamorosa,
Teus seios fartos, de mulher perigosa...
Talvez nem seja...  Apenas inocente menina.
Pura ninfa amorosa; de olhar meigo, doce,
Cruel sina... No teu olhar, meu olhar, quem diz?
Paris, por ti guerreou Aquiles; sim,
Paris! Príncipe criança de troia.
Assim acontece, nos mundos, nas terras
De vários brasis... Helena, doce Helena!
Erro fatal de mulher, ainda feliz? By betonicou

Um comentário:

  1. Em Helena, criou-se o estereótipo de mulher de fibra, a mulher forte, a mãe de família, a amada, a amante. Até o telenovelista brasileiro, Manoel Carlos, estabeleceu "Helenas" e em várias de suas telenovelas e cada uma delas com um caráter diferente, mas procurando preservar as características da de Troia. Com o poeta Adalberto não foi diferente, ele "desenhou" uma Helena sensual, mesclada de sensualidade e inocência, candura e impetuosidade. Uma Helena bem Brasil, com toda malícia e sensualidade da mulher brasileira. Helena, poderia ser também a própria nação, a terra brasileira, seduzindo o estrangeiro e trazendo para cá, cativando-o e prendendo em seus laços, dentro da fartura de uma fauna e uma flora ricas e, que, às vezes negligenciada pelo nativo, acaba sendo cobiçada e desejada pelo estrangeiro. Já disse neste texto há muitas possibilidades de "leituras", dependendo do ponto-de-vista de cada um:"Erro fatal de uma mulher, ainda feliz?" Olhe só a riqueza desse verso muito ambíguo, considerando a terra brasileira. A felicidade e a riqueza estão aqui muito próximas de nós. É preciso "explorá-las", valorizá-las.

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…