Páginas

curvas, retas e esquinas

domingo, 8 de maio de 2011

respingos ...© Copyright

Uma gota, duas gotas, três gotas...
Uma vida, duas vidas, três vidas...
Alegrias, vidas ali escondidas
Na transparência das gotas,
No orvalho, na gota, na gota da gota...
No frescor da água pura da gota.
No pingar da gota, no puro brilho
Cristalino da gota...
Vejo-me,  ali estampado na imagem
Refletida na gota.

Na tristeza,  do céu que se esvai...
Em choro, de lágrimas de gotas.
Das lágrimas que de meu rosto caem,
Caem, em forma de grandes, ou pequenos
Sentimentos de gotas.
O sereno da madrugada que cai,
Em suavidade tênue das gotas...
No frescor que meu rosto acaricia,
Essa água que delicio,
O meu prazer de gotas.

Essa forma de pureza delicada das águas,
O mundo de choro das gotas...
O universo das águas que caem...
As gotas límpidas que se esvaem  e que tornam a cair, 
Em  lágrimas lindas, ou tristes... em constantes  respingos de gotas.    By Betonicou

5 comentários:

  1. amo esse texto
    amo esse trecho: em lagrimas lindas ou tristes... em constantes respingos... gotas

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pedro ! Fico feliz que tenha gostado.. tambem tenho um carinho especial por esse poema . abraços

    ResponderExcluir
  3. Biologicamente, estamos aqui como resultado de gotículas de nossos pais. Com o signo GOTA, linguisticamente falando muitos discursos e expressões foram criados, este signo remonta a vários universos. O poeta português Guerra Junqueira produziu "A Lágrima", que era uma gota e chega a ser uma mensagem cheia de religiosidade, outros autores e poetas também a utilizaram em seus textos. E, agora, você, Adalberto, como muita propriedade, também nos traz a GOTA, e esta vem à tona revelando toda a sua sensibilidade e emoção frente aos fatos dessa vida. Ave, poeta!

    ResponderExcluir
  4. grande satisfação luiz ! esse poema retrata todas as gotículas da vida ... entre as lágrimas e os choro das nuvens ...

    ResponderExcluir
  5. Aprender a extravasar nossas emoções, mesmo que em lágrimas, com gotículas, é uma ótima TERAPIA. Nunca se deve ter vergonha de expressar sentimentos, principalmente, aqueles que enobrecem. Verter lágrimas trazendo o que está no nosso interior só fortalece cada vez a nossa característica humana. Isso nos torna diferente da máquina, fria e indiferente e dos animais tidos como "irracionais".

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…