Páginas

curvas, retas e esquinas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Amor platônico.© Copyright

Hoje foi como uma gota... Mas, amanhã será como o oceano. E mergulharei fundo nele, como em um mar de néctar... isso tanto me alucina! Querer-te é minha sina , amar-te é meu prazer ,e estar  estar com você  e' Pura emoção sem rima. Apenas olhar, amar,  de mim pra você... Quem? 
Não ouso falar ! Aprenda nas entrelinhas, a decifrar o meu querer te provar... Em meus sentidos, sinto, te vejo, te quero! Teus braços em mim enrolados... nos meus lábios  sinto-me  beijado. Meu coração esta no auge acelerado... Assim, expressando-me em textos, em prosas poéticas de infindáveis rimas. Nessa minha não triste , mas alegre sina , de  querer-te,  amar-te ... Apenas de você gostar de gostar... By Betonicou

6 comentários:

  1. Aiai... o amor... ele me domina!!! Ele faz com que meus pensamentos fiquem todos fora de ordem...
    Aiai... o amor... Ele me facina!!! Ele faz com que eu fique hipnotizada e totalmente alucinada!!!

    ResponderExcluir
  2. Amore....esse poema já deu o que falar né???
    Ambrosina....Alucina.....minha Sina....rimas e rimas, de uma pessoa apaixonada...que facina....
    Bjssss....da Docinha das Meninas Super Poderosas....smackkkk

    ResponderExcluir
  3. KKKKKIK Deu mesmo ! rsrs acho ele gostosinho , suave...coisa de amor platónico kkk

    ResponderExcluir
  4. Mesmo em pleno século XXI e vivendo esta pós-modernidade, usufruindo de um alta tecnologia, em alguns momentos de nossa vida, vivemos o platonismo, o sonho, o devaneio.E é algo maravilhoso dentro de nós, experimentarmos esse tipo de sentimento, provoca em nós fantasias, abstrações que, possivelmente, podem se estender a uma prática. Parabéns, Adalberto por nos brindar com esses lindos textos.

    ResponderExcluir
  5. obrigado luiz por nos brindar com seus preciosos comentários ...

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…