Páginas

curvas, retas e esquinas

domingo, 27 de março de 2011

Tiquetaque .© Copyright


TIQUETAQUE, TAQUETAQUE   ouço o som de um velho relógio. Dia  após dia, na parede ou em  algum  lugar  escuro  existe um som.;  um velho tiquetaque. Ouço o gemido mórbido de um velho relógio, dia após dia,  mal cadenciado e  pulsando,  em um breve pulsar de vida.  As engrenagens vão se roçando tentando alcançar harmonia ... Trabalho lento , quase letargia ... É a triste lida, de um velho e teimoso relógio que ainda, em um ultimo suspiro de vida   teima em trabalhar... teima em  servir... Tiquetaque, tiquetaque...  
         by betonicou

5 comentários:

  1. "Dê tempo ao tempo" Deixe que ele trabalhe a seu favor...tudo tem seu momento, seu tempo...até um velho relógio sabe até que horas deve continuar a trabalhar...tic, tac, tic, tac...

    ResponderExcluir
  2. Boa cris!! conversei a respeito disso com um visinho hoje... tudo ao seu devido tempo...mas o velho relogio teima em continuar querendo servir ao seu dono ti tak tic tak ( ate terminar a corda rsrsrs) tic ta...c

    ResponderExcluir
  3. Um amigo meu sempre diz que não importa a velocidade que se anda, o que não pode é ficar parado! Enquanto houver a menor badalada há esperança...
    eu adorei o texto, sua forma de escrever!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado DI!! Concordo ...enquanto tiver um pouquinho de corda vale a pena persistir no tic tac da vida... abraços amigo1!

    ResponderExcluir
  5. Concordo com vcs...o relógio da vida pode até diminuir o ritmo das suas badaladas, mas o importante é persistir...pois a viver vale a pena...

    ResponderExcluir

people of the world comment if to like… important for the development of this work…